Erosões são comuns em trajetos fora de estrada, e quando o trecho não é conhecido deve-se fazer uma inspeção a pé e verificar se o terreno não vai ceder com o peso do veículo, ou ainda, se não há risco do veículo cair de lado e ficar encalhado. Neste tipo de obstáculo o risco de amassar a carroceria é grande, e toda atenção é requerida durante a travessia.
Após a inspeção, tente colocar o veículo sobre as laterais do facão. Siga com tração 4x4, primeira marcha reduzida e blocante. Em muitas situações você verá que durante uma travessia, o contato dos pneus com o terreno se limitam a suas bordas, e, também, por esse motivo é que se deve instalar pneus adequados a uma incursão em trilhas.

 

 

Erosão em trilha, mantenha as rodas nas laterais. (foto: Técnica 4x4)

 

Mas se o terreno não permitir esta manobra e você realmente tiver de entrar no facão, só resta verificar se a profundidade compromete os diferenciais ou chassi, travando o veículo e impedindo-o de seguir adiante. Caso isto aconteça, não entre, use alguma ferramenta como uma e rebaixe as laterais do facão jogando a terra, o barro ou areia para dentro dos sulcos. É a melhor alternativa para nivelar o terreno e facilitar sua travessia.

 

 

Em trilha, erosões podem ajudar a manter o veículo no trajeto correto,
não deixando que deslize para os lados. (foto: Técnica 4x4)

 

Se tiver que atravessar a vala na transversal, verifique a profundidade e analise a possibilidade do pára-choque do seu 4x4 encostar logo na saída da valeta. Lembre-se do ângulo de ataque! Se isso acontecer, o veículo não vai seguir adiante e você deverá dar marcha à ré e jogar terra, pedras ou a prancha de desatolagem para diminuir a profundidade da erosão.

 



Grande erosão onde marcha reduzida e muita atenção é fundamental. (foto: Técnica 4x4)

 

Atravesse a valeta colocando uma roda de cada vez no buraco. Se entrar em ângulo reto com o terreno, o veículo corre o risco de ter os dois pneus dianteiros encalhados e não vai sair facilmente. Use a primeira marcha reduzida, bloqueie o diferencial central e inicie a travessia com toda a atenção.

 

Travessia lateral de facão. Uma roda de cada vez. (foto: Técnica 4x4)

 

Se tiver mais alguém por perto, solicite que lhe oriente dizendo se não há risco dos pneus entalarem no buraco, ou do chassi e transmissão se chocarem com o solo. Segure o volante com firmeza para que as rodas dianteiras se mantenham em linha reta, elas vão tentar se acomodar no terreno e podendo esterçar o volante bruscamente.
Após a travessia de um pneu, o segundo entrará no buraco e assim sucessivamente até que o veículo conclua a travessia. Com esta manobra você garante sempre 3 pneus em contato com o piso firme e sempre um eixo em condição de empurrar o veículo para frente, ou trazê-lo de ré para uma nova abordagem.

Para mais informações
Autoria: João Roberto de Camargo Gaiotto
Curso de Condução Off Road DPaschoal: www.dpaschoal.com.br